terça-feira, 26 de outubro de 2010

Bienal Brasileira de Design - 2010, os Bugs estiveram lá!

Estivemos presentes na BBD2010 em Curitiba que tem a Sustentabilidade como tema principal. A curadoria é de Adélia Borges, autora do criativo e oportuno livro "Designer não é personal trainer". Ela descreve, na introdução do catálogo da Bienal, de forma muito positiva, que na conjuntura atual, o design brasileiro vive o seu melhor momento. E é o que se percebe na Bienal, que acontece em vários pontos diferentes da capital paranaense, com eventos e exposições que estão sendo realizados desde 14 de setembro e vão até o dia 31 de outubro de 2010. Para mais informações sobre exposições, locais, horários, etc, acesse o site: Bienal Brasileira de Design

Mostra: "Design, Inovação e Sustentabilidade"

Essa exposição está acontecendo na FIEP e apresenta cerca de 250 projetos, entre produtos, design de serviços e sistemas de produto-serviço, incluindo design gráfico e de embalagens. A mostra tem o objetivo de fazer um recorte da produção recente do design no Brasil apresentando peças provenientes de diferentes regiões do país.

Visão sustentável: óculos com armação de bambu.
(foto: Maurilio Bugmann)
Aproveitamento total: cabideiro com design planejado para que se utilize quase 100% da chapa em sua confecção.
Foto: Maurilio Bugmann
Aproveitamento total: o cabideiro montado
(foto: Maurilio Bugmann)
Mostra:"It's a small world"
Dentro da Bienal do Design, uma das exposições mais interessantes é essa mostra de exemplos atuais do design dinamarquês que integra artesanato, arquitetura e design.

A criatividade do design dinamarques aparece em soluções de design urbano  para melhorar o dia a dia das pessoas.
Foto: Sandra R C Bugmann

Prince Chair, de Louise Campbell.
Foto: Sandra R C Bugmann


A escala humana - detalhe de uma maquete!
Foto: Sandra R C Bugmann



Mostra " Memória da Indústria: o caso Móveis Cimo"

A exposição apresenta um resgate da história da empresa Móveis Cimo, criada na década de 1920, em Rio Negrinho/SC, e que se tornou uma grande potência industrial: a maior empresa de móveis do Brasil. O estilo sóbrio, enxuto e funcional, além da grande durabilidade e busca da perfeição ergonômica eram marcas registradas dos móveis da empresa que se tornou a precursora da fabricação de móveis em grande escala no pais. Até hoje encontramos escrivaninhas, cadeiras, poltronas e carteiras da Móveis Cimo sendo utilizadas em escolas e orgãos públicos.
Muitas das peças da exposição pertencem ao acervo de uma loja que nós gostamos muito, a Desmobília .
Penteadeira. No fundo, a cama que completa o jogo de quarto.
Foto: Maurilio Bugmann



Cadeira 1001 desmontada: teve uma produção de mais de 30.000 unidades/mês e as carteiras escolares, mais de 500.000/mês.
Foto: Maurilio Bugmann 
Cadeiras giratórias de escritório: os modelos da Móveis Cimo utilizavam o compensado curvado e prezavam pela ergonomia.
Foto: Maurilio Bugmann

Mostra " A Reinvenção da Matéria"

Essa exposição acontece no MON - Museu Oscar Niemeyer e apresenta projetos e estudos relacionados às matérias primas para o design sustentável que existem no Brasil e que só agora começam a ser estudadas.
Também com a curadoria competente de Adélia Borges, a exposição revela que há no Brasil uma tradição popular quanto à reciclagem. Antes mesmo da palavra ser incorporada ao dicionário e elevada à categoria de palavra-chave e de ordem, o povo brasileiro devido as suas necessidades, já tinha práticas ecológicas. Lembramos das canecas feitas a partir de latas de óleo de cozinha utilizadas no interior na nossa infância.
Moda sustentável - vestido confeccionado em tecido feito a partir da fibra de Curauá, uma bromélia da família do abacaxi. Essa planta é utilizada para recuperação de terrenos degradados.
Foto: Sandra R C Bugmann

Tênis executado com couro de peixe, da marca Osklen.
Foto: Sandra R C Bugmann



Mostra: "Os Modernos Brasileiros"

Também no MON, até 28 de novembro/2010 estão expostos alguns móveis criados por expoentes do mobiliário brasileiro. A exposição é concisa mas muito consistente. As peças guardam memórias de época, estilo, arte e história e refletem em grande parte a arquitetura da época.
Vale a pena reservar um tempo para observar os detalhes de cada peça em sua individualidade bem como aproveitar a reunião desse conjunto para compreender a evolução do design de mobiliário brasileiro.
Nos encantamos com o comentário de um garoto que talvez nem tivesse 10 anos, observando para seus familiares que ele tinha gostado mais dos móveis mais antigos por parecerem mais desenvolvidos do que os mais novos! Um toco de gente já com opiniões, pois ele justificou dentro de uma lógica muito própria!
A maioria  dos designers da exposição já não estão mais por aqui, mas sua obra permanece, e alguns como Niemeyer transcendem o tempo em todos os sentidos.
Foto: Maurilio Bugmann

Os móveis de Joaquim Tenreiro (1906-1992) refletem elegância, ergonomia e perfeição de acabamento.
Foto Maurilio Bugmann

Os promotores da Bienal anunciam que Curitiba vai respirar design durante o evento e é verdade. Visitamos apenas algumas das muitas exposições além de palestras e eventos que estão acontecendo ainda até o final de outubro. Destacamos ainda a exposição Poéticas Urbanas: Design, na qual estão expostas as luminárias do acadêmico de Design Eduardo Ponzoni Dognini
Vale ainda comentar a dedicação dos vários estudantes que estão monitorando as mostras. Todos nos atenderam muito bem, foram simpáticos e buscaram responder a todas as nossas dúvidas.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Fotobugs!

Um presente para começar a semana com inspiração e alegria. Uma bela imagem de uma joaninha (uma ladybug!) em uma composição de cores maravilhosa para alegrar os olhos, o coração, a alma e a imaginação. Esse fotógrafo, Dan (durango 99) produz imagens muito bonitas nas quais as cores surpreendem em combinações por vezes inusitadas. Acesse a página dele no Flickr, você vai se encantar!

Ladybug
Observe que a folhinha é em forma de coração! Muito carinho e esperança para todos, e boa semana!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

TokStok tem Bugs!

Quatro peças criadas pelo Bugstudium Creative Design para a Kleiner Schein encontram-se à venda com exclusividade nas lojas da Tok Stok. São quadrinhos decorativos de recortes a laser com desenhos infantis de meninos e meninas brincando em um jardim. Eles estão na seção de acessórios, em quadros, livros, CDs e DVDs, em quadros e pôsteres, no site da Tok Stok.
Menino com balão
Menina fazendo bolhas de sabão

Quadro Menino
Quadro Menina




Da mesma forma, o berço com arabescos recortados a laser, criado para a Kleiner Schein encontra-se à venda pela BB Trends.

Berço BB Trends