terça-feira, 22 de novembro de 2011

Rosenbaum, Fraga e Perrone em Pomerode


De lado, como pianista de cabaré, conforme ele mesmo brincou, Carlos Perrone iniciou as palestras do evento Diálogos Criativos: Identidade e Cotidiano, promovido pelo Instituto Orbitato, em Pomerode, SC, em 19/11.

Devidamente cadastrados, aguardando o início das palestras: Maurilio, Sandra e Fabrícia.
Perrone instigou reflexões sobre o design, traçando um paralelo entre design, arquitetura e moda. Anotamos: Os objetos são mediadores (entre as pessoas e seu ambiente) e as roupas também possuem esse atributo. Essa mediação vai determinar posturas, crenças, pensamentos.
Carlos Perrone abordou a questão da identidade e a necessidade de se saber quem somos para podermos participar da construção da cultura material da nossa sociedade. Essa busca, essa pesquisa deve levar em conta  nossas memórias visuais, que são sempre afetivas, editadas pelas nossas vivências. Portanto cabe ao designer buscar as portas por onde se pode chegar às identificações: as memórias afetivas. Se nos aprofundarmos nas nossas memórias afetivas, chegamos ao Brasil.
Carlos Perrone

Ronaldo Fraga

Ronaldo Fraga trouxe imagens de seus desfiles e coleções mais recentes comentando sobre o seu processo de criação, as pesquisas e estudos envolvidos. Ele chamou a atenção para o lado interdisciplinar da moda, do qual ele gosta particularmente. Esta forma de ver a moda faz com que ele busque suas referências nos mais variados campos, sempre a procura ancoragens significativas associadas à formação da identidade brasileira.

Marcelo Rosenbaum

Marcelo Rosenbaum com sua simpatia falou sobre seus trabalhos mais recentes, enfatizando o projeto social que desenvolveu, em 2010,  junto com sua equipe na comunidade do Parque Santo Antônio em São Paulo. Para ele é um trabalho que trouxe muita satisfação pela melhoria da qualidade de vida de muitas pessoas da comunidade.
Ele também fez considerações sobre o design no Brasil. Para ele, "um produto pode contar muitas histórias" e é importante que os profissionais busquem perceber que histórias esses produtos estão contando em cada contexto. Percebendo que as histórias mais significativas serão as nossas próprias.


Armário da coleção Caruarú, criada por Rosenbaum
com xilogravura do Artista J. Borges

Ronaldo Fraga e Celaine Refosco, diretora do Instituto Orbitato atentos à palestra instigante do Arquiteto Carlos Perrone.

Encontro de feras poderosas e do bem!

Maurilio aproveitou para fazer pose com o quebra-nozes da feirinha de Natal

Bancos vazios a espera de novos encontros como este!

Vocês podem ler mais sobre esse encontro inspirador aqui. E aqui uma entrevista com Ronaldo Fraga e Marcelo Rosenbaum.

O Instituto Orbitato, além de promover eventos visando estimular discussões e reflexões a respeito de moda, design, arte e arquitetura, oferece cursos de pós-graduação, entre eles a pós em Direção de Criação, da qual sou aluna (Sandra) e outros cursos  e oficinas.

A reunião de três profissionais como Carlos Perrone, Ronaldo Fraga e Marcelo Rosenbaum se configurou em uma oportunidade para suscitar reflexões e vislumbrar oportunidades em relação ao potencial subjacente de criações que tenham como essência a identidade Brasileira.

 O Instituto Orbitato foi muito feliz na escolha criteriosa e "antenada" dos palestrantes e pela audácia inovadora que sempre permeia suas ações. Aguardamos os próximos eventos com bastante entusiasmo.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Bugs-Tour: Curitiba

No final de semana passado (12 e13/11), os  Bugs botaram o pé na estrada, rumo a Curitiba/PR para um tour inusitado: fomos visitar lojas de quinquilharias/materiais. O roteiro foi elaborado por um grande amigo dos Bugs, o designer Eduardo Ponzoni Dognini. Foi uma festa, desbravar corredores de azulejos antigos, prateleiras de telas de arames, lojas de embalagens, lojinhas de tem-de-tudo!

Começamos pelo Mercado Público, com parada obrigatória para um cafezinho especial!


Depois de várias lojinhas de embalagens, ferramentas, agroavícolas, de arames e por aí afora, nosso momento arqueologistas em um cemitério de azulejos...





Foi um momento nostalgia também pois vimos peças que faziam parte dos banheiros e cozinhas da nossa infância e adolescência!
Depois, momento turismo: fomos visitar a Rua 24 horas, recentemente reinaugurada.








Paço da Liberdade - Prédio da antiga Prefeitura de Curitiba, mais um café em grande estilo








Grande estilo, mesmo!







Indicação muito sábia do Eduardo foi nosso almoço no meio da tarde na Cantina do Délio. O dia friozinho, nós cansados e uma comida gostosa e reconfortante para repor energias!




Os tradicionais lambrequins das casas de madeira de Curitiba  são um dos charmes da cantina





Achamos legal que algumas lojas permitem a entrada de cachorros



Vejam que criativo e de bom tom este cartaz no caixa de um estacionamento em Curitiba



Finalizamos a visita com compras na Tok Stok, naturalmente!


Nada como um tour nestas lojas alternativas e por estes lugares maravilhosos para ativar as energias da criatividade, vocês não acham?

E neste fim de semana ... evento Diálogos Criativos: Identidade e Cotidiano com Marcelo Rosenbaum, Ronaldo Fraga e Carlos Perrone, em Pomerode/SC, organizado pelo Institudo Orbitato! Estamos levando muitos blocos de anotações. Na próxima semana contamos tudinho!

Aguardem!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Leituras Bugs: Conexões

Em novembro do ano passado, no Instituto Orbitato participamos do lançamento do livro Conexões: como designers  conectam experiência, intuição e processo em seus projetos, de autoria da dupla de designers Ericson Straub e Marcelo Castilho, da Editora Infolio.



Na ocasião foi realizada uma mesa redonda com os autores Ericson e Marcelo e o estilista e diretor de criação, Jum Nakao. Nem é preciso dizer que foi uma noite de discussões muito produtiva e inspiradora! No final, em momento tiete, ganhamos autógrafos e conversamos com os autores.

Trata-se de um livro diferenciado que aborda o processo criativo através de relatos de profissionais de criação de várias áreas diferentes incluindo design gráfico, de produtos, arquitetura, curadoria entre outros.
Assuntos polêmicos como as diferentes formas de  inspiração: por pressão e inspiração por prazer são discutidos de forma direta

Dentre trinta  designers experientes  Marcelo Castilho descreve o processo de criação do modelo Caio Millenium dentro da indústria de carrocerias de ônibus.  

Desenho de Marcelo Castilho
Fonte: Straub, Ericsson; Castilho, Marcelo. Conexões: como designers conectam experiência, intuição e processo em seus projetos. Curitiba: Infólio, 2010, p.20

Ericson Straub comenta sua experiência gráfica na produção da revista referencia na área de design a ABCDesign

Desenho de Ericson Straub
Fonte: Straub, Ericsson; Castilho, Marcelo. Conexões: como designers conectam experiência, intuição e processo em seus projetos. Curitiba: Infólio, 2010, p.28.


O ilustrador Carlos Meira expõem o processo de criação de cenários engenhosamente esculpidos em papel

Recortes Primavera/Verão, de Carlos Meira
Fonte: Straub, Ericsson; Castilho, Marcelo. Conexões: como designers conectam experiência, intuição e processo em seus projetos. Curitiba: Infólio, 2010, p.47

O estilista Jum Nakao escreve sobre o seu trabalho genial e de prestigio internacional A Costura do Invisível. 

Imagem do desfile: A Costura do Invisível, de Jum Nakao
Fonte: Straub, Ericsson; Castilho, Marcelo. Conexões: como designers conectam experiência, intuição e processo em seus projetos. Curitiba: Infólio, 2010, p.76



Esse trabalho de Jum Nakao inspirou a instalação Revolver que tivemos a prazer de conhecer Museu Oscar Niemeyer em Curitiba.
Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, 2007
Foto: Maurilio Bugmann

Sandra na instalação Revolver, no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, 2007
Foto: Maurilio Bugmann

Observando e sendo observada...
Instalação Revolver, de Jum Nakao, no Museu Oscar Niemeyer, em 2007.
Foto Maurilio Bugmann



Essa instalação era totalmente interativa, os visitantes eram incentivados a tirar fotos e fazer filmes para depois compartilhar na internet. A instalação tinha um grupo no Flickr. O Maurilio fez algumas montagens:

Os manequins foram dar uma volta pelo museu em um momento de folga...
Foto e montagem: Maurilio Bugmann

Uma luta feroz contra o rato da pressa e do consumismo
Foto de Sandra Bugmann. Fotomontagem: Maurilio Bugmann


O livro ainda conta com nomes de peso em termos de criatividade como Guto Lacaz que descreve detalhes conceituais de como foi a trajetória de criação da capa para o cd Anti Heroi.

Vale a pena ler para compreender as minúcias dos diferentes processos que cada designer adota em seu trabalho. Nós ficamos entusiasmados e inspirados com essa leitura e recomendamos!

E você? Tem algum livro sobre design, arquitetura, processo criativo, arte ou cultura para recomendar?    

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Kleiner Schein em Blumenau

Muitas  pessoas nos perguntam onde encontrar as peças que criamos para a Kleiner Schein.

Aqui em Blumenau nossas criações podem ser encontradas na loja Casa Vestida, na Rua Joinvile, nº 266, loja 4, no Bairro Vila Nova, que comercializa produtos da Kleiner Schein e complementos para decoração.

Para contato: Telefones: (47)3340-0042 e (47)3340-0141 e e-mail: casavestida@casaprovence.com.br








A Marlize, proprietária da loja, vai ficar feliz em receber a sua visita!

Caso você esteja em outra parte do Brasil, pode consultar o site da Kleiner Schein para saber o local com produtos Kleiner Schein mais próximo de você!